SANTO VIVO - ESTUDOS BÍBLICOS
Fé ou Sinais

FÉ OU SINAIS?
Pastor Araripe Gurgel


Os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria, más nos pregamos a Cristo crucificado.” (I Co 1: 22,23).


A maioria de nós cristãos, frequentemente questiona nossa situação na obra de Deus, ficamos desanimados, pensando que pouco temos a oferecer. A desculpa da falta de talento ou capacidade de realizar está sempre em nossos lábios.


Na verdade, nos subestimamos e acabamos por interromper a obra de Deus em nossas vidas. Sendo ignorantes no tocante à vontade de Deus, atrapalhamos sua obra, desmerecendo a nós mesmos.


Ignoramos o agir de Deus em nossas vidas. É essa ignorância que não nos deixa enxergar com os olhos da fé, não nos deixa ver com os olhos de Deus. Não confiamos nas suas promessas e ignoramos seu poder ao deixarmos de lado os talentos que ele nos deu.


Quantas vezes estamos no limite, e o Senhor não nos responde. Isso tudo não passa de um desafio para a nossa fé. Um desafio para as nossas ansiedades e angústias. Um duelo entre o nosso eu e a vontade de Deus. Um desafio entre fé e incredulidade.


Ele sabe de nossos limites, e quer nos ajudar a rompê-los. Muitos de nos ainda não tem uma fé genuína, mas uma fé limitada pelas situações, acreditando que Deus só opera em coisas impossíveis.


Outros limitam o seu poder por acharem que há coisas que ninguém mais pode dar jeito. Há aqueles que limitam e há os que simplesmente não crêem. Por isso existem desafios a nossa fé, por causa da incredulidade.

Na maioria das vezes somos reprovados por Deus por causa dessas dúvidas. Pensar como homem acaba atrasando nossas vitórias. Devemos crer sem duvidar, não nos esquecendo que, embora nossa força seja pequena, o nosso Deus é Deus grande.


Os crentes deste século foram os que mais limitaram o poder de Deus em suas vidas! É irônico que, quanto mais acessível à Palavra de Deus fica para os homens, mais fracos espiritualmente nos tornamos!


Antes não tínhamos TV, internet, radio e outros meios de comunicação, e a Palavra de Deus se espalhava. Havia violenta perseguição religiosa, e os crentes não recuavam. Não havia tanta teologia como hoje, mas sobrava sabedoria e bom testemunho! O que está havendo?


As dificuldades e temores da vida atual estão fazendo os crentes recuar. O que antes nos fazia avançar, hoje nos detém. Crentes que são amantes de si mesmos, escravos das facilidades, egoístas e egocêntricos. É o nosso ego que nos tem separado de Cristo. Vivemos tempos de ignorância, tempos de hipocrisia, porém, Deus no seu amor de não desiste de nós. Jesus não vai deixar de nos desafiar a crer! Ele vai de todas as formas nos ensinar a ouvir com Seus ouvidos, falar com Sua boca e, principalmente, ver com Seus olhos.


Olhos que veem o impossível, olhos que crêem, olhos que fazem a diferença! Devemos renegar nossas vontades e opiniões. Temos corações enganosos, que agem segundo a aparência e ignoram a vontade de Deus. Temos de mortificar nossos desejos e colocar a vontade de Deus em primeiro lugar.


Deus nos desafia a romper limites confiando plenamente n’Ele. Em seus sinais, Jesus instava aos homens que cressem, que rompessem os limites de sua própria fé. Ou agimos como filhos de Deus, ou agimos como homens segundo a carne.


O novo nascimento nos liberta de nossa natureza pecaminosa e nos coloca a natureza de Deus. Não existem barreiras, limites e temores aos que verdadeiramente crêem e confiam na operação do Deus Vivo.


Seremos ilimitados à medida que somos transformados pelo espírito de Deus, nascendo de novo todos os dias, mortificando o nosso ego, nos apropriando da natureza divina. Deus quer que façamos sinais, mas onde está a fé para fazermos tais sinais?


Nossa fé está limitada nossos aos olhos, estamos deixando de exercer a esperança nos atendo às dificuldades desta vida. A fé não precisa de sinais, não precisa de fatos.


Devemos depender de Deus em todos os sentidos, espiritual, emocional e material. Essa dependência rompe nossos limites, nos torna ousados. É como um filho que está acompanhado de seu pai. Ele sente segurança na presença dele.


Assim somos nós, sentimos segurança na presença de Deus. Segurança para falar, agir, planejar e seguir em frente. Sentimos segurança, pois sabemos que Ele está no controle de tudo.


Estando Ele no controle, vemos possibilidade em tudo. Não há nada que nos intimide, nem situação que nos amedronte. Paramos de enxergar apenas impossibilidades, defeitos e obstáculos e passamos a ver o agir de Deus em todas as situações.


Falhamos por ainda termos uma fé baseada em sinais, falhamos ao estarmos atentos a sinais que nada dizem e provocamos a ira de Deus. Se continuarmos a esperar por sinais, corremos sério risco de destruir a nossa fé.


Os Milagres de Jesus sempre aconteciam onde Ele encontrava fé, não eram os sinais que operavam a fé, mas a fé operava através dos sinais. Quando temos a convicção de que Deus esta no controle e quer o melhor para nós, fica mais fácil deixar as nossas necessidades em Suas mãos.

Que Deus nos discipline com sua vontade e nos faça vencedores, cumpridores de sua obra, usando nossas fraquezas para fazer o impossível.



www.santovivo.net

 


 

FALE CONOSCO/PERGUNTA BÍBLICA

CANAL DE BENÇÃO